VMA

ASSESSORIA

ESG

A sigla ESG, para Environmental, associação and Governance, designa uma forte tendência e uma resposta necessária das empresas aos desafios da sociedade contemporânea.

É uma sigla que se refere à integração da geração de valor econômico aliada à preocupação empresarial com as questões ambientais, sociais e de governança corporativa.

Na prática essa é uma forma de demonstrar sua responsabilidade e comprometimento com os mercados em que atuam, com seus clientes, fornecedores, colaboradores e investidores.

E você já ouviu falar no índice Meio Ambiente, Social e Ao controle e como essa agenda tem sido cada vez mais relevante na pauta da sociedade, dos conselhos de administração das empresas, na transformação dos negócios e vem influenciando as tomadas de decisões de investidores por todo o mundo?

Neste conteúdo, vamos te ensinar tudo sobre ESG em um verdadeiro guia completo sobre o assunto.

Quer saber mais sobre esse tipo de investimento? Apenas prossiga lendo!

O que são ESGs?

ESG é um conjunto de padrões e boas práticas que visa determinar se uma empresa é socialmente responsável, sustentável e bem administrada. É uma forma de medir o desempenho de sustentabilidade de uma organização.

A sigla em inglês combina os três pilares desse movimento:

  • Environmental (Meio ambiente);
  • Social;
  • Governance (Governança).

usado como critério para entender se uma empresa tem força corporativa ou não. Expandir sua visão de análise de negócios além do desempenho financeiro.

Ou seja, medir se a empresa é realmente uma alternativa viável de investimentos sustentáveis e está apta (e comprometida) a gerar impactos econômicos, sociais e ambientais positivos.

Consequentemente, a incorporação dos aspectos Ambiental, Social e de Governança à estratégia e ao modelo de negócios das organizações reforça a máxima de que propósito e lucro são indissociáveis.

Trata-se de verificar se as empresas estão cientes de seu papel como empregadores e representantes da sociedade.

O Meio Ambiente, Social e Governamental serve como referência para atestar que a organização está ciente da influência que exerce, do impacto positivo ou negativo e do valor compartilhado que pode gerar por meio de sua atividade diante de todo o seu ecossistema relacional.

Quais são os princípios do ESG?

Quando está claro O índice é guiado por três princípios fundamentais. Que tal entender cada um detalhadamente? Ver:

Ambiental

Os critérios ambientais incluem requisitos nesta área, tais como:

  • A gestão de resíduos;
  • A política de desmatamento (caso aplicável);
  • O uso de fontes de energia renováveis pela empresa;
  • O posicionamento da empresa em relação a questões de mudanças climáticas;
  • Entre outros!

Além disso, os critérios ambientais também podem ser estendidos ao controle exercido pela empresa sobre as terras de sua propriedade, seja em ações de melhoria e conservação da biodiversidade, por exemplo.

Social

Ao falar sobre normas sociais, os tópicos a serem considerados são muito diversos.

Por exemplo, é essencial que os investidores entendem como uma empresa valoriza o bem-estar de seus funcionários.

Entre os itens analisados por investidores e gestores de fundos de investimento:

  • Qual a taxa de turnover?
  • Há algum tipo de plano de previdência para os funcionários?
  • Qual o nível de envolvimento dos funcionários com a gestão da empresa?
  • Quais os benefícios e vantagens oferecidos aos funcionários, além do salário?
  • O salário do funcionário é justo — em relação aos praticados dentro da empresa e também em relação ao mercado?
  • Entre vários outros!

Obs. O eixo social também inclui o relacionamento com fornecedores. Avalie-os sob a ótica dos critérios ESG em relação ao trabalho infantil, trabalho escravo, trabalho em áreas desmatadas ou queimadas, promovendo a transparência na relação.

Governança

No ESG, o aspecto de governança se concentra em como uma empresa é administrada por seus conselheiros e diretores.

Nesse caso, a seção de Meio Ambiente, Social e Governança busca entender se a gestão executiva e o conselho atendem aos interesses dos diversos stakeholders da empresa colaboradores, acionistas e clientes.

Outras questões também foram consideradas, como:

  • Transparência financeira e contábil
  • Relatórios financeiros completos e honestos
  • Remuneração dos acionistas
  • Entre outros!

Além disso, busca entender se essa retribuição está relacionada aos aspectos do índice e se está relacionada ao valor, rentabilidade e viabilidade de longo prazo da empresa.

Como e quando surgiu a ESG?

Para entender o que é ESG, é interessante entender as raizes desse conceito. Há uma linha do tempo para explorar sobre isso. que começou há mais de 50 anos na década de 1970.

Na decada de 1970, os primeiros investimentos baseados em religião e crença começaram a ser vistos.

Uma das motivações foi a guerra do Vietname no final dos anos 1960, que não encontrou muito apoio entre o público americano antigovernamental.

Esse entendimento moral tem guiado alguns investidores e empresas por décadas. No entanto, meio ambiente, sociedade e governança só ganharam forma em 2004.

Este ano, o termo foi citado em uma publicação do tratado Global em parceria com o banco Mundial, intitulada “A quien le cara ganha” (que se traduz como “Quem se importa ganha”).

Em 2007 surgiram os green bonds, títulos emitidos com o objetivo de arrecadar fundos para melhorar o meio ambiente. Hoje, critérios ambientais, sociais e de governança avançam globalmente e indicam que não há retorno de investimento no mundo.

Por exemplo, de acordo com dados da PwC, até 2025, cerca de 57 % dos ativos de fundos recíprocos na Europa serão ESG. Em valor, isso representa algo em torno de 7,6 trilhões de euros.

O que é investimento ESG?

O investimento ambiental, social e governamental é uma forma de fomentar os setores mais sustentáveis e ser um indutor de boas práticas de gestão empresarial, dando oportunidades e reconhecimento às empresas que introduzem bons níveis de responsabilidade social, ambiental e governamental.

Assim, é possível promover o desenvolvimento de organizações activamente engajadas em melhorar o mundo o mercado e a vida de seus colaboradores.

A análise realizada pelos fundos recíprocos e seus investidores em suas carteiras não possui uma estrutura padronizada.

Com efeito, cada fundo é livre de fazer esta declaração, de acordo com os seus próprios parâmetros. Assim, é possível atribuir pesos diferentes — dependendo do tipo de capital e do setor de atividade avaliado.

O que uma empresa precisa para ser ESG?

 

O primeiro passo para uma empresa ser classificada no índice ESG é estar listada na bolsa de valores ou, pelo menos, em processo de listagem.

As avaliações são conduzidas por várias agências comerciais e não comerciais.

Essas organizações realizam análises aprofundadas das empresas com base em antecedentes e especificidades.

Além disso, a empresa precisa fazer uma política de recomendações de índices e questões que surja sobre o mesmo tema.

Um dos sistemas de pontuação mais usados no mundo é o MSCI ESG Score, que analisa 10 categorias de riscos ambientais, sociais e de governança.

Quais são os benefícios do ESG para as empresas

Vale a pena entrar no índice agora? Dividimos alguns dos principais benefícios, conferir:

Queda de preço

Um dos principais benefícios de um forte desempenho ambiental, social e de governança é que ele pode ajudar a reduzir custos. Em última análise, essas empresas são consideradas mais organizadas e mais eficientes.

Reputação da empresa

Outra vantagem é que pode melhorar a reputação da empresa.

Isso porque os consumidores e outras partes interessadas estão cada vez mais interessados em apoiar empresas que trabalham para causar um impacto positivo.

Lealdade do consumidor

Além disso, índices ambientais, sociais e de governança podem levar ao aumento da fidelidade dos clientes. Afinal, é mais provável que os clientes apoiam empresas que compartilham seus valores.

Pode aumentar as vendas e a rentabilidade a longo prazo.

Sustentabilidade e transparência

As organizações que lidam com ESG costumam ser mais transparentes sobre suas operações.

Eles também são mais propensos a ter políticas que protegem o meio ambiente e promovem a responsabilidade social.

Como resultado, essas empresas são consideradas mais sustentáveis em geral.

Segurança do investidor

Investimentos ambientais, sociais e de governança são considerados formas mais seguras de investimento.

Afinal, como mencionamos anteriormente, empresas com índices fortes tendem a ser mais bem administradas e possuem estruturas de governança mais fortes.

Limite de crédito especial

Muitos bancos e instituições financeiros já oferecem linhas especiais de crédito para empresas com boas avaliações ambientais, sociais e de governança.

A razão é que essas organizações são consideradas menos arriscadas e mais propensas a saldar dívidas.

Competitividade

organizações com altas pontuações ambientais, sociais e de governança costumam ser mais competitivas.

A razão é que eles podem atrair e reter os melhores talentos. Eles também são vistos como mais inovadores em geral e capazes de investir em novas tecnologias e métodos de gestão e operação.

Como é o ambiente de investimento ESG no Brasil?

No Brasil, ESG ainda não é unanimidade e nem tão importante quanto, por exemplo, na Europa. No entanto, o cenário é positivo e o tema ganha cada vez mais destaque entre as gestoras de recursos brasileiras.

Existe uma demanda do mercado por aplicativos mais responsáveis, o que tem servido de incentivo para aprimorar e desenvolver boas práticas no mercado.

Há um maior comprometimento de investidores e grandes fundos globais de gestão que exigem um posicionamento mais específico em relação às diversas questões Ambientais, Sociais e de Governança. Entre eles:

  • Diversidade
  • Inclusão e equidade
  • Mudanças climáticas
  • Governança, ética e integridade nas relações
  • Qualidade de vida dos colaboradores em tempos de pandemia

No setor privado, as iniciativas estão acontecendo aos poucos.

Grandes e médias empresas entendem que as questões de mudanças climáticas, diversidade, conformidade precisam ser implementadas e difundidas com urgência. Consequentemente, existem muitos projetos nessa direção.

Como funciona o investimento em ESG?

Investir em ESG funciona como uma via de mão dupla nos mercados financeiros.

Embora sua existência exercia alguma pressão sobre as empresas listadas para que se preocupam com fatores além do lucro também serve como um parâmetro para a gestão do investimento dos acionistas.

exemplos de aspectos que o ESG usa podem ser apresentados em números.

Segundo a Forbes, existem mais de 500 fundos de índice focados em sustentabilidade apenas nos Estados Unidos, com ativos superiores a US$ 250 bilhões.

Em particular, como resultado da pandemia de Covid-19, estima-se que os ativos globais de fundos ambientais, sociais e de governança ultrapassar a marca de US$ 53 trilhões em todo o mundo até 2022.

Qual a importância de investir em ESG?

O investimento ESG está desempenhando um papel cada vez mais crítico no mercado financeiro, com impactos positivos em todo o mundo.

Isso é apoiado por vários fatores, como mudanças culturais, comportamentais e econômicas constantes e aceleradas.

São mudanças que alteram as regras sociais e modificaram significativamente a relação entre pessoas, empresas e tecnologia. que mudou a lógica do mercado de investimentos.

Em economia

Existem alguns estudos sugerindo que as empresas que estão bem classificadas no índice superam as que não possuem tais classificações.

Por exemplo, a MSCI descobriu que, durante um período de 10 anos, as organizações com categorizações ambientais, sociais e de governança mais altas tiveram retornos 2,5 % maiores do que aquelas sem tais categorizações.

Um dos principais motivos é que essas empresas geralmente são bem administradas e possuem fortes estruturas de governança, o que melhora a tomada de decisões e o desempenho geral.

Além disso, essas empresas geralmente têm melhores relacionamentos com seus funcionários, clientes e outras partes interessadas importantes. O que por si só causa maior produtividade, menor rotatividade e maiores vendas.

Na terra

A abordagem permite que os investidores alinhem seus valores com seus portfólios e apoiam empresas que se esforçam para causar um impacto positivo.

Por exemplo, um investidor pode optar por investir em uma empresa que tenha fortes relações com funcionários ou esteja trabalhando para reduzir sua pegada de carbono.

Quais são as características dos fundos recíprocos que investem em ESG?

As principais características dos fundos recíprocos indexados estão relacionadas aos critérios usados para analisar as decisões de investimento. Isso geralmente inclui indicadores além dos aspectos financeiros e econômicos.

De uma forma geral, o investidor que opta por este tipo de fundo pretende fomentar setores mais sustentáveis, sendo ao mesmo tempo um indutor de boas práticas de gestão empresarial.

O objetivo é contribuir para uma melhor evolução do ambiente de negócios, de forma que o ESG sirva como uma ferramenta para comparar o desempenho das empresas nesses três temas.

Para a sociedade Meio Ambiente, Sociedade e Governança funciona como um espelho que nas deixa ver melhor os empenhos e práticas de uma empresa na gestão de suas operações, meio ambiente, sociedade e governança.

ESG refere-se ao legado de sua empresa e à realização de sua visão.

O processo geralmente envolve empresas que:

Ganhar mais clientes;

Manter o melhor talento;

Criar novos fluxos de receita para o seu negócio.

Atrair investimentos adicionais para projetos de longo prazo.

Você tem marcas empregadoras mais fortes e atraentes;

Ter um relacionamento mais forte e de longo prazo com as comunidades e partes interessadas;

Eles melhoraram a interação da marca com o público que gera feedback ESG.

Mesmo assim, é possível desvendar essas características por três ângulos diferentes:

Estabilidade

Os investidores que procuram empresas solidárias com a questão ambiental querem encontrar players com modelos de negócios sustentáveis estabelecidos.

Para que você não apenas contribua com o meio ambiente, mas também trabalhe para melhorá-lo, com ações preventivas.

lucrando

Apesar de todos os compromissos sociais e ambientais, uma das marcas do investimento ESG é a lucratividade.

Afinal, existe uma forma de uma empresa estar comprometida em criar valor muito além do lucro para alcançar grandes resultados financeiros?

Os dados mostram um exemplo.

É o que mostra o confiança e Impacto, estudo da PwC, que prevê uma taxa composta de crescimento anual de quase 27 % para os fundos de ações ESG, com ativos praticamente quadruplicando até 2025 (para mais de 3,6 trilhões de euros).

Isso significa que um fundo Ambiental, Social e de Governança tem retorno garantido? Como tudo no mundo dos investimentos, isso é impossível de definir.

No entanto, a história recente desse tipo de investimento mostra um desenvolvimento brilhante.

E esta é uma das marcas do investimento ESG. Tenta equilibrar as inquietações além do aspecto financeiro.

Volatilidade

empresas que investem em planos e ações mais sustentáveis naturalmente apresentam menor volatilidade.

Isso significa que há poucas chances de essas empresas se envolverem em situações legais justificadas por crimes ambientais ou descumprimento de leis definidas sobre o assunto.

Ou seja, embora cada investimento implique risco, pode-se dizer que o risco do investimento Ambiental, Social e de Governança é possivelmente menor e/ou que as empresas presentes neste tipo de carteira adotam práticas diferenciadas de governança e gestão nesta matéria.

ESG: Quais são os principais índices para esse tipo de investimento na B3?

Com o advento dos padrões ESG, o mercado criou diversas métricas que excluem as organizações que de fato implementam essas melhorias.

Na B3, alguns indicadores buscam activamente reunir empresas que implementam boas práticas e políticas de desenvolvimento sustentável, que se posicionam sobre questões sociais e que também investem em melhores medidas de governança corporativa.

Se interessou pelo assunto Conferir os principais índices ambientais, sociais e de governança da bolsa

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3)

O ISE B3 é uma das iniciativas pioneiras na américa Latina e um dos primeiros índices do mundo edificados sob a ótica da sustentabilidade.

O índice é gerido pela B3 e tem como base quatro pilares: eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa. 

Índice de Governança Corporativa (IGCT)

O objetivo do IGCT é reunir as empresas que mais se preocupam com o pilar da governança corporativa.

Esse é o player que quer melhorar a governança de forma efetiva para impactar positivamente a sociedade acionistas, consumidores e colaboradores. 

Índice ESG Brasileiro S&P / B3

Lançado pela B3 em 2020, o índice S&P / B3 Pau-Brasil ESG reúne empresas que fazem parte do S&P Pau-Brasil BMI (Índice do supermercado Amplo).

Para ser incluída, uma organização deve ser elegível para investimento extrangeiro e não fazer parte da indústria de tabaco, hulha ou armas.

Além disso, eles são obrigados a cumprir o tratado Global estabelecido pela organização das nações Unidas (ONU) 

Índice de Eficiência de Carbono (ICO2)

O ICO2 foi criado pela B3 em parceria com o banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) com o objetivo de reunir empresas que lidam com questões relacionadas ao esquentamento global.

Essas empresas geralmente estão em diferentes indústrias e setores. 

Como investir em ESG?

Você se interessou pelo tema e quer investir em empresas que atendam às diretrizes do índice? Você pode escolher algumas rotas, como:

ETFs

Uma das maneiras mais fáceis de investir em ESG é por meio de fundos negociados em bolsa (ETFs). São veículos de investimento que refletem um índice ou cesta de ativos sustentáveis.

empresas ESG

Claro, você pode investir diretamente nas empresas líderes do índice comprando ações delas.

Hoje existe o Índice de Sustentabilidade (ISE), que traz o nome de 48 empresas voluntárias a serem analisadas em relação às questões ambientais, sociais e de governança.

Como sei quais empresas são ESG?

O primeiro passo é verificar se a empresa é signatária do tratado Global das nações Unidas. É uma iniciativa das nações Unidas que incentiva as empresas a adotarem práticas sustentáveis e responsáveis.

Além disso, você também pode verificar se uma empresa está incluída em um dos principais índices ESG, como o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), o Índice de Sustentabilidade B3 (ISE) ou o Índice FTSE4Good.

Você também pode verificar o site da empresa e o relatório anual para ver se eles divulgam informações sobre suas políticas e desempenho ESG.

Como o greenwashing e o ESG estão relacionados?

O termo “greenwashing” é usado nos casos em que uma empresa faz asserções falsos ou enganosas sobre seu desempenho ambiental.

Isso pode ser feito por vários motivos, por exemplo, para melhorar a imagem da empresa ou para torná-la mais ecológica do que realmente é.

O greenwashing pode impactar negativamente a credibilidade do índice ESG, pois pode ser difícil para os investidores identificar quais empresas estão genuinamente comprometidas com práticas sustentáveis.

Por isso, é importante estar ciente do potencial do greenwashing ao considerar qualquer investimento.

O que você precisa saber antes de investir em fundos ESG?

Em tese, investir em fundos ambientais, sociais e de governança é uma ótima forma de alinhar suas premissas com as do mercado certo? Agora, na prática isso pode realmente impactar?

Como mostram os dados sim, eles podem!

ESG é uma forma de incentivar as empresas a mudar-se atitudes em relação o questões ambientais, sociais e de governança.

No entanto, antes de investir em fundos ESG, você precisa entender as opções de mercado e entender a melhor forma de investir seu dinheiro.

Algo que muitos especialistas recomendam é investir em ETFs, que são fundos ligados às questões de sustentabilidade que já falamos no conteúdo.

Você também pode pesquisar os índices apresentados acima e certificar-se de que seu capital está devidamente investido e contribuindo para os objetivos certos.

E sua empresa está pronta para se desenvolver nas áreas de meio ambiente, social e gestão?

Deixe que os consultores de ESG dirigir seus negócios, mostrando soluções inovadoras e levem seus negócios para o próximo nível! Clique no link abaixo e fale com os nossos especialistas.

Pronto para levar o seu negócio para o próximo nível?

Entre em contato hoje e fale com um dos nossos consultores

Perguntas frequentes

Serviço: para quem quer "dor do cliente"

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

As principais vantagens "do serviço"

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

#EUSOUVMA

Saiba como uma VMA Complice pode te ajudar a revolucionar os números da sua empresa

Fale com um dos nossos especialistas e entenda como o trabalho do contador é importante para o sucesso do seu negócio.

DEPOIMENTOS

Veja o que alguns dos nossos clientes falam sobre a nossa empresa e serviços prestados.

Cliente

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna ali

Cliente

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna ali

Quem faz parte da nossa história